A bomba de calor é realmente mais eficiente que o aquecimento elétrico ou a caldeira a gás? Esta é a pergunta que mais se faz na internet quando o frio começa, e mais ainda com a chegada do inverno que tem vindo a ser acompanhado com os aumentos na conta de luz. Ao contrário da crença popular, pouco se fala sobre o alto desempenho energético da bomba de calor. Neste artigo, a Selectra, que ajuda os portugueses a poupar nas contas de energia, em parceria com a Temperfenómeno, especialista em sistemas de climatização e refrigeração, explicam o porquê.

A bomba de calor é uma alternativa sustentável com grandes benefícios como sistema de aquecimento e climatização, e ainda mais, se utilizarmos uma fonte das energias renováveis, tal como os painéis solares fotovoltaicos, que têm ganho cada vez mais popularidade. Graças à sua "capacidade" de captar energia de fontes naturais, inesgotáveis e gratuitas, a bomba de calor também é considerada altamente eficiente e respeitadora do ambiente, tanto para o aquecimento da casa como para a obtenção de água quente. 

Numa altura em que estamos em plena crise energética devido ao conflito na Ucrânia, as energias renováveis são uma das grandes soluções para combater os elevados preços da energia que se fazem sentir atualmente no mercado energético em Portugal.

Como funciona a bomba de calor no modo de aquecimento?

As bombas de calor são um dos dispositivos de climatização mais eficientes do mercado para aquecer uma casa. Mas qual é o motivo? Para entendê-lo, é necessário explicar como funciona este sistema no modo calor.

Uma bomba de calor é uma máquina térmica que permite transferir energia, na forma de calor, de um ambiente para outro. Não é em vão, o valor médio do seu SCOP (Seasonal Coefficient of Performance) é 4, o que significa que esta máquina térmica é capaz de fornecer 4 kWh térmicos por cada kWh elétrico consumido.

Apesar do funcionamento da bomba de calor ser invertido e também utilizado para arrefecer ou obter água quente, a sua principal utilização é o aquecimento e é aqui que desenvolve uma elevada eficiência. Basicamente, o que as bombas de calor fazem é extrair calor do ambiente exterior e transferi-lo para um espaço interior.

As bombas de calor têm um evaporador, um compressor, um condensador e uma válvula de expansão. Além disso, no seu interior existe um circuito com líquido de refrigeração que absorve o calor do ar (aerotérmico), do solo (geotérmico) ou da água subterrânea (hidrotermal) e transforma-o em vapor.

Uma vez que o fluido absorve o calor e se transforma em vapor, passa por um compressor onde a sua pressão e temperatura aumentam. Mais tarde, esse mesmo vapor, com grande concentração de energia, transfere o seu calor para o espaço que deseja aquecer.

Quando o fluido refrigerador tenha cedido a energia, a sua temperatura baixa. Essa diminuição é maior quando, dentro da válvula de expansão, o fluido se descomprime até um ponto muito abaixo do que tinha antes de ser comprimido.

Bomba de calor vs aquecimento elétrico ou caldeira a gás

Quanto consome o aquecimento elétrico?

A resposta é simples neste caso, pois seu funcionamento é baseado no efeito Joule, um radiador elétrico ou emissor térmico consome 1 kWh de eletricidade para cada 1 kWh de calor que produz (aprox.), portanto, se instalar um emissor de 2 kWh de aquecimento, consumirá 2 kWh de eletricidade.

Comparado com o resto dos sistemas de aquecimento elétrico, não há dúvida de que, como foi mencionado, a bomba de calor é o dispositivo mais eficiente. A razão é que estes usam resistências elétricas que geram calor que é transmitido por convecção ou radiação, e o seu rendimento térmico é sempre inferior à unidade e, portanto, ao da bomba de calor

E se o compararmos com a caldeira a gás?

A resposta é que são comparáveis, a bomba de calor é mais eficiente, mas para o afirmarmos com exatidão, devemos considerar, além do desempenho das próprias máquinas, a natureza de cada tipo de energia.

Isto é assim porque há uma eficiência adicional a considerar na conversão de energia primária em energia final em cada caso, já que energia que utilizamos nas nossas casas foi transformada desde o início, desde as centrais termoelétricas utilizadas e o tipo de combustível utilizado, o que implica uma série de perdas de energia.

Quanto ao desempenho térmico das máquinas, a bomba de calor tem um valor de 4, enquanto a caldeira a gás mais eficiente, que é a de condensação, atinge o valor de 1,09. 

Portanto, ao contrário do que muitos pensam, os sistemas de bombas de calor são muito eficientes do ponto de vista energético, e entre outras coisas, porque emitem calor até que o espaço atinja uma determinada temperatura e depois param graças aos seus termostatos integrados. 

Outros benefícios da bomba de calor

Além da sua eficiência, outros benefícios da bomba de calor como aquecimento podem ser:

● Funciona com energia renovável

A aerotérmica aproveita o calor contido no ar, uma fonte ilimitada e gratuita de energia com enorme potencial.

● Não gera emissões de CO₂

A bomba de calor não produz CO₂, pelo que contribui para a proteção do ambiente.

● Poupa energia e dinheiro

A bomba de calor usada como aquecimento permite reduzir até 30% o consumo de energia em casa. A sua eficiência permite assim reduzir e combater as elevadas contas de energia que são propícias no inverno.

● É limpa, cómoda e muito segura

As bombas de calor não geram fumo ou cinzas que sujam paredes, fachadas ou telhados. Além disso, apenas precisam de eletricidade para funcionar, pelo que não usam combustíveis inflamáveis ou tóxicos, nem os libertam no ambiente.

Independentemente de optar pela bomba de calor como aquecimento elétrico ou a gás, o importante é que faça um consumo racional e ponderado. O inverno está à porta, e os preços da energia ao rubro. Consuma com eficiência, poupe dinheiro e ajude o ambiente.

Usamos cookies para permitir que o nosso website funcione corretamente, para personalizar conteúdo e anúncios, para proporcionar funcionalidades das redes sociais e para analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informação com os nossos parceiros das redes sociais, de publicidade e de analítica sobre o seu uso do nosso website. Mais informações